» Quem Somos » Regimento Interno

CAPITULO I  -  NATUREZA E OBJETIVO

O Abrigo Lar Pouso da Esperança, fundada em 03 de outubro de 1998, é uma instituição privada, de fins não econômicos, tendo duração indeterminada que tem por objetivo geral a execução da doutrina da Proteção Integral ao Idoso, dedicando-se ao seu bem estar, na forma estabelecida na Lei 8.842/94, que trata da Política Nacional do Idoso e da Lei 10.741 de 01.10.2003 – Estatuto do Idoso.

CAPITULO II  -  DA ENTRADA

Art. 2º. O Abrigo Lar Pouso da Esperança está aberto a receber idosos de ambos os sexos, quando com vaga disponível.

Art. 3º. O responsável pelo abrigado deverá preencher uma ficha do abrigo, deixando bem claro nome, endereço e telefone do responsável, além de deixar os documentos pessoais do abrigado.

Art. 4º. Todo abrigado com problema de saúde deverá trazer um laudo médico com indicação da medicação utilizada.

Art. 5º. Em caso da hospitalização do abrigado e se este tiver família, a mesma será responsável por acompanhar durante o período da internação.

CAPITULO III   -  DA SAUDE

Art. 6º. A instituição deverá oferecer um cardápio alimentar compatível com as necessidades dos idosos abrigados e, sempre com orientação de um profissional especializado.

Art. 7º.  Haverá seis refeições diárias: Café da manhã, colação, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia.

Art. 8º. Todo abrigado deve ter:

1. acompanhamento médico de rotina
2. acompanhamento psicológico, quando necessário.
3. carteira de vacinação

Art. 9º. Os cuidadores serão responsáveis pelo acompanhamento da higiene pessoal de cada abrigado.

CAPITULO IV   -  DAS ATIVIDADES

Art. 10º. Todo abrigado deverá participar as atividades do Abrigo com a Terapeuta Ocupacional, Assistente Social, fisioterapeuta, oficinas de artesanatos e outros, passeios, etc.

Art. 11º. Todo abrigado deve ser estimulado a fazer tarefas, obedecendo a sua individualidade, condições, vontades, etc.

CAPITULO V  -  DOS FUNCIONÁRIOS

Art. 12º. Todo funcionário deve ser orientado sobre as normas e procedimentos para com sua função e o bem estar da instituição.

Art. 13º. Todo funcionário deve conhecer o Estatuto do Idoso.

Art. 14º.  É terminantemente proibido a qualquer funcionário fumar nas dependências da instituição;

Art. 15º. Fazer avaliação de desempenho.

CAPITULO VI  -   DO SOCIAL

Art. 16º. O abrigo deverá fazer um cronograma com as comemorações e eventos a que irá participar, dentro ou fora da mesma. (Dia dos Pais, Dia das Mães, Dia do idoso, Natal, etc).

Art. 17º. Comemorar no ultimo sábado de cada mês os aniversariantes do mês (quando possível).

Art. 18º.  Reunião com familiares, trimestralmente;

CAPITULO VII  -   DAS VISITAS A INSTITUIÇÃO

Art. 19º. Os dias de visita estão fixados nas 5ª. feiras e domingos, sempre no horário da tarde.

CAPITULO VIII  -  DO  VOLUNTARIADO

Art. 20º.  Todo voluntário deverá preencher ficha modelo de voluntário.

Art. 21º.  Todo voluntário técnico ou superior deverá apresentar comprovante de sua ocupação.

CAPITULO IX  -   DAS DOAÇÕES

Art. 22º. Toda e qualquer doação feita à instituição deverá geral um recibo de doação e posteriormente encaminhada à contabilidade.

Art. 23º. Caso o doador não queira ser identificar, no espaço “nome do doador” deve constar “anônimo”.

CAPITULO X   -   DA SAIDA

Art. 24º. Toda família do abrigado deverá ser estimulada a levar seus parentes para passeios finais de semana em casa e em datas comemorativas como Natal, Ano Novo, etc.

CAPITULO XI  -  DA CAPACITAÇÃO

Art. 25º. O Abrigo se compromete a firmar parcerias com Universidades, SESC, etc. para dar capacitação a todos seu pessoal como cozinheira, cuidadores e auxiliares, para melhor desempenho de suas funções.


ar2
Webmail Compartilhar no Twitter Compartilhar no Facebook Resultados no Bing Resultados no Google RSS Feeds
© 2012, Abrigo Pouso da Esperança - Todos os direitos reservados